quinta-feira, janeiro 14, 2016

COMO VAI A SUA VIDA?

A vida anda tão complicada que resolvi baixar um aplicativo no celular para me lembrar de rotinas básicas. Ou seja, coisas que eu deveria praticar mas não pratico. Na verdade existe vários aplicativos assim. Tem um tal de 66 dias em que você pode compartilhar suas atividades no facebook, mas eu não me interessei por esse. Não gosto nem um pouco do facebook. E tem um(que eu baixei), chamado Fabulous que te permite listar tarefas para os períodos da manhã, tarde e noite. 
Me parece que tudo surgiu a partir do 66 dias, que além de ser nome de aplicativo, também é uma meta estipulada para que você integre novos hábitos a sua rotina. Esse seria o tempo: 66 dias.
Não sou adepta de modismos, mas sou indisciplinada para quase tudo, por isso, baixei o tal app e estou cumprindo meu primeiro dia.
Entre uma das minhas tarefas, está a de ingerir mais água. Como podem ver, algo bastante banal, mas que eu não faço com frequência, adepta que sou de uma coca zero.
Listei coisas como meditação, fazer exercício (faço abdominais em casa mesmo), ioga (tenho dois livros de práticas em casa), ler um livro (atualmente ando meio viciada nas séries e os livros ficaram de lado), e até tomar uma ducha a tarde, já que acho bacana ter um horário certo e tranquilo para fazer isso.
Quando eu voltar a trabalhar, essa rotina terá que ser reescrita obviamente, mas por enquanto vamos ver se vou levar a sério.
Um tempo atras eu baixei um app que mostrava quantas calorias tinha em minhas refeições. Eu fotografava, anotava o nome de cada ingrediente e aparecia a quantidade de calorias, depois compartilhava no instagram. Era interessante, e eu acho que era da Lucília Diniz, se não me engano. Fiz várias fotos dos meus pratos e realmente passei a comer melhor, coincidência ou não. Havia muitas dicas nesse aplicativo também e receitas. Acho que foi o pontapé inicial para minha perda significativa de peso. Não que eu fosse obesa, mas a gente sempre quer perder alguma coisa, caber numa ou outra peça de roupa, e esse era o meu caso. Foi a única rotina que eu realmente segui e deu um resultado surpreendente: perdi 12 quilos. Eu tenho 1,69m e pesava 64 quilos, queria chegar aos 60, acabei pesando 52, mesmo comendo de tudo agora, mantenho o peso. Acredito que o meu corpo já criou uma memória, e eu não passo disso. Mas não sou uma comilona descontrolada só porque emagreci. Na verdade, eu melhorei a minha alimentação. 
Acho que essas são as novidades principais do que está acontecendo em minha vida: baixar aplicativos e assistir séries.
Na verdade, existe a outra parte, a que está procurando um trabalho em meio essa crise que estamos vivendo. Por isso, alguns dias estou mais animada, outros nem tanto.
Tenho sentido muita pressão quando vou a um processo seletivo. Estar desempregada é algo muito novo na minha vida. Eu trabalhei minha vida toda e sinceramente, nunca fiquei sem emprego. Não tenho o menor traquejo nas entrevistas, sou sincera e talvez não muito simpática. Depois de uns "nãos" você vai ficando meio irritada com os processos. Eu sei de pessoas que são profissionais nestas coisas, mas eu realmente não sou. Percebo quando o entrevistador não está prestando a menor atenção ao que estou falando, e isso é muito irritante.
Os selecionadores e as empresas estão agindo de maneira inescrupulosa com quem está desempregado. Sabedores da crise, pagam o que querem e exigem mundos e fundos para a mais simples das vagas. 
Como não se irritar com isso?
Enfim, é isso.
Espero que não se cansem do meu blá blá blá, e vou tentar escrever com mais frequência.
Algo mais interessante espero.

caminho

Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...