sábado, novembro 17, 2012

O MUNDO DE NINA






Minha filha Nina tem uma coleguinha nova na escola.
Essa coleguinha veio de Portugal e, óbvio, tem uma linguagem diferente pra definir certas coisas e até para dar nomes à outras.
Acontece que para a Nina, isso é muito esquisito, e motivo de graça, afinal de contas a Fabiana (esse é o nome dela) é criança igual a ela, então acaba sendo engraçado a indignação da Nina.
Por exemplo: a Fabiana convidou a Nina pra ir nadar na "pixina" da sua casa. A Nina não foi, mas gargalhou. Conclusão, ela perde a amiguinha mas não perde a piada.
Não satisfeita, a Fabiana disse : " Vou comprar ingresso pra você ir conhecer minha casa lá em Portugal". E a Nina " ingresso???, tá doida???é passagem..."
Mas pra muitas coisas a Nina defende Fabiana ferozmente.
Meu marido, crente que ia fazê-la entrar na piada (pai é tão ingênuo...) começou a fazer perguntas capciosas.
"Nina, como ela fala banheiro?"
E a Nina " banheiro ué!"
" Nãaao Nina, eles falam salão de banho" diz meu marido.
" Ela fala banheiro!" decreta.
" E como ela fala celular?" Insiste o pai (meu marido...)
" Celular!!" afirma, já meio incomodada.
" Nãaaa Nina, quem nasce em Portugal chama celular de telemóvel".
Nesse momento eu, que tomava meu café da manhã, temi pelo pior. E ele veio.
" Pai, é o seguinte: a Fabiana nasceu em Portugal, mas ela não fala português, ela só tem sotaque, entendeu??"
Depois dessa, mordi minha torrada de cabeça baixa, meu marido arqueou a sobrancelha (ele sempre faz isso quando fica meio "chocado") e encerramos o assunto.
Nada como ter uma Nina pra ensinar as questões demográficas e linguísticas do planeta.

Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...