domingo, setembro 30, 2012

VALEU, GRACINHA!!

Na minha casa, quando pequena, algumas coisas eram obrigatórias: Jornal Nacional todas as noites, Silvio Santos todos os domingos, Inezita barroso e Hebe Camargo. Algumas pessoas a gente acha que são pra sempre, nunca vão morrer. Quando elas se vão, fica um sentimento de fragilidade imensa. Eu cresci e mudei a minha programação televisiva obrigatória, mas hoje , quando soube de sua morte, voltei à infância e senti saudades. Saudades da gargalhada, da espontaneidade... Me senti mais vulnerável. Ela não era "só mais uma artista", fez parte da minha história. Minha mãe repete até hoje que, pequena, ouvia a Hebe cantar na rádio. Então, por tudo isso, desejo a ela uma viagem tranquila e com muita luz a guiar seu caminho. 
Valeu gracinha!!


Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...