terça-feira, agosto 28, 2012

BIZARRICES

Todo mundo tem um hábito bizarro.
Pode não parecer bizarro aos próprios olhos, mas se exposto ao jugo alheio, com certeza será.
Eu por exemplo tenho o hábito de enroscar os dedos dos pés nas linhas soltas da minha coberta pra poder dormir.
É uma mania, uma bizarrice, costume, sei lá.
Cada um dê o nome que quiser, mas o fato é que, raro deve ser a pessoa que não se diferencie dos demais por mania qualquer.
Tem gente que rói unha, gente que só veste azul, que não sai de casa sem se benzer, que busca explicação pra tudo, enfim, dá pra escrever uma coletânea.
Eu não posso ver um fiapo de linha que já quero puxar. Já aconteceu de eu estar no metrô e ver uma linha solta na roupa de alguém e ficar desesperada pra arrancar. Pra arrancar não é a melhor definição, eu preciso enfiar os dedos na linha. Dá pra entender?
Não, eu sei.
Pareço uma abestalhada de 44 anos que não dorme sem a cobertinha desfiada.E sou exatamente isso.
É uma vergonha. Minhas filhas não têm mania nenhuma. E elas tem menos de 11 anos.Nem meus filhos mais velhos de 19, 17 e 15 têm bizarrices parecidas.
E vou dizer que a tendência é piorar.
Com a idade as coisas ficam um pouco estranhas, todo mundo desenvolve umas manias peculiares, e no meu caso só vou acrescentando, além das linhas da minha cobertinha já estou querendo afanar as linhas de todo mundo.
Portanto, não estranhe se estiver por aí e alguém der uma puxadinha na sua roupa.Releve a bizarrice alheia.
Cada louco com a sua mania.


Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...