domingo, maio 13, 2012

MINHA MÃE ERA UMA METRALHA...


Tomei tanto tabefe da minha mãe durante minha infância que até perdi as contas...Além disso, fiquei muitas noites acordada até madrugada enquanto ela jogava tômbola com meu pai e meus tios, até hoje ainda me lembro dos malditos "dois patinhos na lagoa..." quando ela tirava a pedra 22.
E também fiquei noites sozinha pra que ela jogasse truco ou buraco com os comparsas do meus tios. Mas isso não é tudo. Muitas vezes tomei cerveja com açucar, minha mãe dizia que não tinha nada demais nisso, ainda bem que não me tornei alcoolatra, porque o danado era uma delícia.
E os tais cigarrinhos de chocolate? Comi vários.
Eu era um esqueleto, magrinha que só, e minha mãe não facilitava minha vida dizendo que eu era um "pau de vira tripa". Hoje percebo que sofria bullyng e nem sabia...
Quando ela cozinhava, me obrigava a ficar do lado do fogão para aprender a fazer arroz e me fazia lavar as louças todos os dias, além do banheiro, que eu precisava esfregar até impregnar o cheiro da água sanitária. Ou seja, eu era vítima de abuso infantil, vítima de obra escrava. 
Ahh,  e não posso esquecer as roupas e cortes de cabelo que era obrigada a usar, todos beem baratinhos e reaproveitados. Não é a toa que me tornei consumista..

PS: A autora deste texto ama muito sua mãe e hoje inclusive já ligou pra ela. Não se tornou alcoolatra e nem uma rebelde sem causa. Muito ao contrário: têm filhos maravilhosos que amam a vovó maluca...

Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...