sexta-feira, novembro 04, 2011

BEM AVENTURADOS OS POLÍTICOS, POIS ELES HERDARÃO O SÍRIO E O EINSTEIN

A cada dia que passa, quando penso que nada mais pode me surpreender, acabo derrotada e surpreendida. Desta vez relutei pencas pra escrever este post, e não foi por preguiça ou falta de inspiração, mas por vergonha mesmo. Acho vergonhoso que eu, diante de um fato absurdo, não possa fazer nada relevante a respeito, afinal quem me ouve ou lê? Que grau de importância tem esta reles pessoa que vos escreve para que, tal indignação, afete ou infernize a consciência de alguém?
Sensibilidade ou afetação à parte, dizem que as pessoas brancas, magras e ricas fazem um círculo e que, quem estiver dentro dele é normal. Os demais apenas co- habitam. Sim, eu sou branca e, apesar de ter cinco filhos, fui privilegiada pela genética de meu pai mantendo a boca fechada, então sou magra, mas infelizmente ou felizmente, se levar em conta que, conforme a parábola, os ricos não herdarão os reinos dos céus, sou pobre, portanto, apenas co-habito. Óbvio que, somente este fato já seria suficiente pra me fazer descer ladeira abaixo gritando " eu me amo incondicionalmenteeee", mas estou quase acreditando nessa baboseira.
E claro, aperfeiçoando o tal círculo, eu incluiria também celebridades e políticos.
Se eu estivesse muito doente, precisando de socorro médico emergencial em uma UTI, provavelmente morreria  antes de conseguir entrar em uma. E não estou dizendo isso por ser sábia, basta fazer uma visitinha social a qualquer hospital público.
Se precisasse de quimioterápicos idem.
Uma reportagem do jornal Folha de São Paulo trouxe a notícia de pessoas reclamando falta de remédios para realização de quimioterapia no Hospital de Heliópolis. Segundo estas pessoas, o tratamento foi interrompido porque os quimioterápicos estariam em falta.
Eu gostaria muito de saber por que cargas d'água, políticos e ex presidentes não utilizam o SUS. Alguém já viu, ou ouviu falar de algum que não tenha utilizado o Einstein ou o Sírio? Ou a rede D'OR no Rio de Janeiro?
Nos meados de 1998, o então candidato Lula dizia que " Eu não sei se o Fernando Henrique ou algum governador confiaria na saúde pública para se tratar".
Quando inaugurou uma unidade de saúde em Recife, já eleito presidente, disse que " ela está tão bem localizada, tão bem estruturada, que dá até vontade de ficar doente para ser atendido". Quis o destino que, de fato ele tivesse uma crise hipertensiva momentos depois, mas foi direto para um hospital particular.
Agora acometido por um câncer de laringe, novamente utilizou o Sírio.
Pelo visto, ele próprio também não confia sua saúde à rede pública.Assim como Dilma, Jose de Alencar (que foi homenageando tendo seu nome substituindo o Instituto Nacional do Câncer sem nunca ter posto os pés lá) e qualquer outro político.
Definitivamente o tal círculo existe e eu não estou dentro dele.
Que Deus tenha misericórdia e me faça merecedora de um plano de saúde. De preferência um que tenha atendimento no Sírio ou no Einstein.
E se nada der certo, saio candidata nas próximas eleições, neste caso, o atendimento está garantido.



Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...