quarta-feira, agosto 10, 2011

O Diabo são os outros...

Amelie Poulain_nice lopes

Li em algum lugar que o mundo está indo pro vinagre e balancei a cabeça concordando enfaticamente.
As pessoas não se entendem mais em suas opções sexuais e a impressão que tenho é que sempre queremos impôr a nossa como sendo a mais bacana ou acertada.
Veja só caro leitor, inventaram de criar o Dia do Orgulho Hétero.
Eu não sei por que cargas d'água preciso ter orgulho de minha opção sexual, seja ela gay, lésbica, hétero ou sei lá mais quantas existem.
Nunca entendi esse tipo de orgulho.
Enfim, o que acontece é que um grupo gay ou simpatizante, resolveu que vai fazer uma manifestação contra a criação de tal Dia do Orgulho Hétero.
Imagine a confusão armada.
Por que é tão importante tornar público a minha preferência sexual e ainda achar que, o fato de o outro querer tornar pública a sua própria ser uma afronta pessoal as minhas escolhas?
Isso é tão confuso quanto a diversidade existente.
 Você é Gay, Lésbica, Bissexual, Travesti, Hétero ou Transexual?
Ás vezes me perco entre as mil possibilidades existentes.
É tão bacana que penso em me assumir Gay na segunda, Lésbica na terça, Bi na quarta, Travesti na quinta, Hétero na sexta e aos finais de semana seja o que Deus quiser!
Meus amigos Gays e Lésbicas nunca são apresentados a outras pessoas amigas dessa maneira " Oi, essa é a Samanta, ela é lésbica", ou " Oi, esse é o Adalberto, ele é gay", porque é simplesmente bizonho acreditar que com quem os nossos amigos transam é mais relevante que a pessoa supimpa que ele é.E também não sou apresentada a outros como " essa é a Val e ela gosta de homem tá gente?", e se isso um dia acontecer vou gritar " pro inferno que você sabe do que gosto..."
Longe de mim o preconceito, qualquer um, mas quando priorizamos de maneira exacerbada alguma escolha nossa não estamos, ainda que não intencionalmente, exercitando uma forma de exclusão?
Eu adoro abacaxi, mas existem tantas outras frutas...
Não seria legal criar o Dia de ser Eu mesma?
Afinal quem Eu sou, Minhas escolhas, Minhas opções, Meus prazer, Minhas alegrias, Meu orgulho só realmente importam a minha pessoa.
O que ME  faz feliz diz respeito somente a mim mesma.
Se existe algo que precisa ser exercitado é o respeito ao outro e suas escolhas, e isso não se consegue impondo pontos de vista ou levantando bandeiras, alguém já ouviu a frase " reforma íntima?", pois é disso que carecemos.
E quando estivermos em alguma avenida desse país no Dia de ser Eu mesma e perguntarem " O que você é?"   poder abrir um sorrisão e dizer " Eu? Eu sou Eu mesma!"
Uhuuu!

Imagem: Reprodução

Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...