terça-feira, junho 14, 2011

ROSÁCEA: DICAS PARTE II

Eu não sou especialista em coisa alguma, talvez em educar meus cinco filhos, mas nem isso faz de mim uma expert no assunto.
Portanto, todas as informações que aqui posto a respeito de cuidados com a pele são extraídos de sites com especialistas na área e,  modéstia a parte, tenho acertado muito na escolha dos especialistas, pois tanto a Dra Denise Steiner quanto a Dra Katleen Conceição, cujas dicas sobre cuidados com a pele utilizados em outros posts(Dra Katleene inclusive postou comentário elogiando o post sobre os cuidados com a pele negra) são pessoas altamente qualificadas em suas áreas.
Recebi uma solicitação para indicar sabonetes para a pele com Rosácea e, novamente, fiz uma pesquisa minuciosa a respeito.
Segundo alguns especialistas, o fator emocional contribui e muito para piora da pele.Quando a pessoa fica tensa ou nervosa os vermelhidões costumam se intensificar. Além disso, ingestão de bebidas alcoólicas, bebidas quentes ou condimentos fortes também desencadeiam a rosácea, segundo o Dr Marcos Bonassi.



O tratamento a laser funciona muito bem quando não há pápulas e apenas para casos indicados por um especialista.Algumas pessoas utilizam Rozex da Galderma (gel) nas pápulas inflamadas, eritemas e pústulas.


Além disso, o tratamento inclui o uso de antibióticos orais como a Tetraciclina e seus derivados.Há quem recomende o tratamento com Roacutan e garanta resultados satisfatórios, mas somente um dermatologista pode indicá-lo.
O sabonete indicado para a higiene da pele é o Effaclar da La Roche Posay, porém segundo afirmam as próprias pessoas que sofrem com a Rosácea, o sabonete resseca um pouco a pele e o ideal seria utilizar o sabonete a noite e em seguida passar Bepantol, e durante o dia proteger o rosto com Fisiogel.

  

Lembrando que existe a versão líquida da Bepantol, bem menos oleosa que a pomada.
Existe um site especializado em rosácea, o texto é em inglês mas pode ser traduzido, então anote e pesquise:
E para quem quiser procurar o Dr Marcos Bonassi que citei no começo do post: http://www.marcosbonassi.med.br/

Espero ter contribuído de alguma maneira, e lembre-se de sempre procurar o especialista porque a rosácea tem diferentes graus e existem tratamentos adequados para cada estágio.

Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...