terça-feira, maio 03, 2011

MULHERES, HOMENS E SAPATOS

A vida funciona assim: meu marido chega em casa me encontra de salto alto e decreta " tira esse sapato amor", e pronto, lá vou eu pro chinelinho.
Outro dia assisti a um programa ótimo que discutia a obsessão bizarra das mulheres com seus sapatos, quase todos de salto muuito alto.
Os homens nunca vão entender a nossa relação com os sapatos de salto alto.Sim, ele machucam os pés, sim eles cansam as pernas, sim, não dá pra usar em todas as calçadas da cidade, nós sabemos de tudo isso.Mas amamos os saltos mesmo assim.
Essa noite fui para um plantão de 12 horas com um salto de 5 centímetros.Claro que lá pelas tantas eu tiro e calço um chinelinho, mas volto com o santo nos pés.E aí percebo que estou me tornando um personagem circense me equilibrando nas ruas e calçadas em ruínas desta nossa São Paulo.Aliás, comentei que se eu caísse seria um traumatismo crânio encefálico por conta da minha altura somada a do salto do sapato.
Meu marido odeia sapatos de salto alto.Culpa da nossa desproporção possivelmente, mas apesar de eu dizer que vários homens adoram exibir suas mulheres altas como troféu, ele não se rende as minhas súplicas ridiculas.Quem mandou casar com um homem inteligente?
A maioria dos meus sapatos são altos, e eu detesto sapato baixo.Me sinto uma pata quando uso alguma coisa sem salto, não pareço eu mesma.
Mulher de salto alto se sente poderosa, forte, sexy, é quase uma deusa.
Quando estiver deprê sobe no salto e faz a experiência.Funciona mais que Prozac.
Mas por amor, e só por amor, me submeto aos chinelos, tênis e sapatilhas da vida.E aí, dia sim outro não, uso meu salto de 5 centímetros e me arrisco pelas ruas da cidade.








VAI UM LIVRO AÍ??
Super dica para quem, como eu, ama um livro e é rato de Sebo.
 site LivraLivros criado por Samir Araújo possibilita troca de livros entre os afins interessados  e possui acervo de 130.000 livros cadastrados.
A única taxa é dos correios para despacho.O bacana é que o usuário tem ferramentas de busca e pode cadastrar sua própria lista de favoritos, os livros que tem e os que deseja ter.
Vamos ler?





LARANJA PARA OS CINÉFILOS

No próximo dia 31 de maio os fãs de “Laranja Mecânica” vão ganhar um presentão: o filme ganha uma edição especial em comemoração aos seus 40 anos, em um blu-ray duplo recheado de extras inéditos. Entre eles um documentário onde Malcolm McDowell fala sobre sua experiência com Kubrick, o que deve ser bem interessante, já que o ator sofreu um bocado nas filmagens do longa: McDowell teve suas córneas arranhadas diversas vezes, algumas costelas quebradas e a tarefa árdua de atuar com uma cobra tendo fobia de répteis. O disco de extras conta ainda com um documentário sobre a carreira do diretor Stanley Kubrick, narrado por Tom Cruise, e um olhar detalhado sobre a violência do filme e seu impacto cultural.

Video: Reprodução
texto reprodução.


SOBRE SER MÃE
Eu não vou esboçar aqui as minhas qualidades como mãe e muito menos meus defeitos.
Na verdade quero só dizer umas poucas palavrinhas para as mães de primeira viagem.
Ser mãe é um porre danado de bom. Você vai perder muitas horas de sono, e isso é pra vida toda, e vai lamentar não ter aproveitado aquelas manhãs e noites em que podia dormir a vontade sem hora pra coisa alguma.
Você vai chorar de raiva quando perceber que a sua barriga nunca mais será tanquinho como um dia talvez tenha sido.E vai chorar mais ainda quando perceber que seu peso provavelmente vai oscilar pra todo sempre, amém.
Mas por favor, não se torne uma mãe feia, chata e amarga por conta disso.
Não existe coisa mais deliciosa que um abraço de filho, um beijo estalado na bochecha e um sorriso escancarado sem motivo algum.
Eu tenho cinco filhos e fico brava quando ouço " nooooossa cinco?? não tinha tv na sua casa?", ah, faça-me o favor.Isso é coisa de gente complexada, neurótica e sem educação.
Eu sempre trabalhei e criei meus filhos muito bem, obrigada.Criei pessoas de bem, e isso é o mais importante querida futura mamãe.
Não são as roupas caras, o colégio particular, a babá ou outras tantas encanações.
Tudo o que seu filho(a) vai precisar é do seu amor incondicional, da sua orientação firme, da sua segurança, da sua mão na cabeça e do seu incentivo.Sempre.
E claro, não existe amor sem doação.Portanto prepara-se para doar.
Ser mãe implica em pular a fase do- ôba-ôba piriguete  pós moderna- e tornar-se um pouco mais adulta, não no sentido cafona de ser, mas no sentido respeito mesmo.Imagine sua mãe de peitos pra fora, saia mostrando peças íntimas, calça rebaixada e outras barbaridades mil, por exemplo a calça querendo encontrar a blusa, entendeu? Se você não consegue imaginar sua mãe assim, então entendeu o espírito da coisa.
E prepare-se para chorar incontáveis vezes com a música do Roberto naquelas vozinhas fininhas desafinadas " eu tenho tanto pra lhe falar mas com palavras não sei dizer, como é grande o meu amor por você...", eu sempre choro.E olha que entra ano e sai ano, a música é a mesma no dia das mães.
Enfim, futuras mamães não se assustem, a vida vai ser um pouco mais exigente com você, mas os extras também serão fantásticos.
Pode acreditar.

Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...