quinta-feira, março 03, 2011

COMO VOCÊ PENSA?

Dizem que uma das coisas que dificultam nossos caminhos são as expectativas que criamos.

Na realidade acredito que a maneira como lidamos com as nossas expectativas e com as frustrações é que nos define.

Os erros são ruins? Óbvio que são, mas quando não erramos demoramos um pouco mais para aprender.

Existem pessoas que criam tantas expectativas sobre a sua própria vida que quando estas não se manifestam da maneira desejada simplesmente não conseguem conviver com a situação.

Veja, a vida não é manipulável, não podemos manejá-la conforme nossos desejos, o máximo que podemos fazer é um planejamento a curto prazo e termos a consciência de que até estes podem não acontecer.

Pessoas acostumadas a situações de perda e abandono desenvolvem uma capacidade de tolerância e aceitação maior que a maioria de nós, que permanecemos estagnados ou depressivos frente a frustração.

Entre e o saber e o fazer existe uma distância tangível.

Ter ou desenvolver auto confiança nos permite parar no meio da correria, buscar o controle da situação, e colocar em prática a reversão de situações de perda considerados irreversíveis para muitos como o lamúrio pela perda de um ente querido, um desemprego, uma doença ou até a perda de um amor.

Ser uma luz na escuridão do mundo é muito difícil, mas pessoas que conseguem superar frustrações, erros e insucessos com sabedoria precisam compreender a necessidade de partilhá-las com todos os demais.

Alguns necessitam de apoio para reflexão mais que outros e é nosso dever ajudá-los.

Grandes ilusões mascaram nossa busca por uma consciência máxima e tornam quase impossíveis o expandir do espírito.

Alguns espíritos ou pessoas(como queiram), têm características peculiares, sendo todos importantes uns para os outros.

Quando olhamos as situações apenas por um lado(o negativo), não caminhamos.

Precisamos aprender a reagir e a mentalizar.

Quando mudamos o padrão de pensamento, mudamos também a nossa vida.Existe a maneira de ver de cada um, mas conforme olhamos outros aspectos(positivos), atraímos pela semelhança.

Alguns consideram conversa fiada as evocações positivas, o otimismo e as mentalizações de luz .

Ora, não podemos ser limitados.Precisamos descobrir quais crenças nos tornam felizes, prósperos e verdadeiros.

O que nos limita são nossas crenças, afinal são estas que definem nossas escolhas.

O que nos faz cantar, nos traz contentamento, nos dá alegria e vontade de viver?

Prosperidade não pode ser medida por ganhos financeiros.Essa é uma maneira equivocada de ver.

Os ganhos financeiros são importantes para alimentar a nossa vaidade e nos dar conforto, mas precisamos abrir nossos olhos e prestarmos atenção aos nossos pensamentos.

Uma verdade é fundamental: temos essência divina e Deus é essencial em nossa vida.Não precisamos de intermediários como pastores, igrejas ou médiuns para essa conexão.

Precisamos ouvir nossos pensamentos(o que você têm pensado de fato?) e ao invés de apenas colecionarmos conhecimento também colocá-los em prática.

Acredito no fundo do meu coração que nosso padrão de pensamento modela nossa vida e determina nosso viver.

Cada pessoa precisa fazer a sua parte e criar possibilidades de fazer o bem.

Mas atenção, a vida nos dá desafios para quebrar nossa resistência e nossa inércia e quando ajudamos da maneira errada não permitimos que cada qual faça sua parte para sair do problema, a ajuda precisa ser inteligente, sua ajuda deve ser no sentido do apoio para que o outro possa realizar.

E se você, como eu, não vê como conversa fiada as mentalizações de luz e a transformação do padrão de pensamento, deixo este vídeo para um apoio no dia a dia.



Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...