sexta-feira, janeiro 07, 2011

O PODER DE UM SECADOR



Olá meninos e meninas.
Ontem durante mais um plantão, na madrugada, descobri que nós mulheres, somos todas iguais mesmo...
Minha colega de plantão Alessandra me contou a seguinte história: " Val,eu moro em Guarulhos e a minha mãe em Santo André, mas todo sábado eu ia pra lá só pra fazer hidratação e escova com uma cabeleireira da minha confiança. Acontece que ela começou a ter muitos clientes e passou a esnobar.Mudou o salão de bairro e nunca mais teve horário pra me atender.Um dia me irritei, sai e comprei tudo o que precisava para ter meu próprio salão!!"
Neste momento da narrativa interrompi, era muita informação..." peraí, você montou um salão?" E ela fez um aceno com a mão e continuou..." comprei todos os produtos que usava na minha progressiva, na hidratação, comprei xampu, montei pia, comprei material, tudo direitinho.Chamei um pedreiro e fiz um "puxadinho" na casa da minha mãe em Santo André e em uma semana meu salão estava montado, só faltava uma coisa: a cabeleireira.Então, liguei pro salão da tal que nunca tinha horário pra me atender, chamei a assistente dela e falei"quanto você recebe aí?" e ela respondeu"30% do total", disse pra ela " pago 100% se você vier me atender quando eu precisar." e ela " feito!".
Essa menina em um único final de semana fazia progressiva em mim, na minha cunhada, além de tintura e escova na minha mãe,na minha tia e nas amigas que iam lá no puxadinho de sábado.No final das contas ela abandonou o salão e agora só atende em domicílio."
Fiquei boquiaberta.
Ela continuou " Val, uma vez bati o carro e quando apresentei o RG na delegacia, o escrivão olhou a foto e pediu pra chamar minha irmã.Olhei bem pra ele e falei " sou eu mesma moço, você não conhece o poder de uma escova progressiva."
Fiz a minha cara de "putz, que bizarro", mas tive que concordar.Posso estar toda arrumada em cima do salto, se o meu cabelo estiver destruído, estou acabada.Em compensação, se estiver de chinelo e jeans, mas o meu cabelo escovado, me sinto uma deusa.
Portanto eu confesso, sou escrava do secador.Não suporto ficar com o cabelo com a raíz crescida ou detonado.E quando chove não tenho o menor pudor,se pega de surpresa, em enfiar um saco plástico de mercado na cabeça, afinal, meu cabelo não é a prova d'água.
E vamos concordar, existem algumas fotos nossas que deveriam ser exterminadas da face da terra, destruídas pra sempre.
Não mostro meu RG nem sob tortura, a foto dele é de quando eu tinha quatorze anos, espinhas, sardas e cabelão.
É pedir demais..

Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...